Aos Arautos da Arte em Piracicaba

6 set

No último mês de agosto, realizamos o projeto Aos Arautos da Arte em Piracicaba, com o patrocínio da Oji Papéis, por meio da Lei Rouanet, e o apoio do restaurante Toque Brasileiro. O homenageado pelo projeto foi o curureiro Nhô Serra, importante figura no cenário cultural da região de Piracicaba.

Foram duas apresentações do espetáculo “O Último Sarau – uma peça de corpo presente”, duas mesas de bate-papo sobre Nhô Serra e duas oficinas de música para idosos, além de distribuição de livretos e CDs de poesia. Quem recebeu estes eventos foram o Lar Betel e o Lar dos Velhinhos, sendo um evento de cada em cada instituição. Foram 190 pessoas atingidas diretamente pelas ações.

A atriz do grupo Jaqueline Dalio, relatou a alegria e satisfação que este projeto traz a cada um de nós d’Os Geraldos:

“Neste mês de agosto fomos presenteados com 4 encontros que, como diria Atílio (personagem do espetáculo), ficarão guardados para sempre no baú da memória dos Geraldos.

Acontecimentos como estes nos recarregam as baterias, nos dão forças para lutar, resistir e insistir em trabalhar com teatro.

Foram encontros verdadeiros, à moda antiga, olhos nos olhos. Almas compartilhando lembranças e referencias sem intermédio de mídia alguma.

Durante as 2 apresentações do “Sarau”, nós atores encontrávamos, como estrelas cintilantes, os olhos cúmplices e atentos daqueles senhores e senhoras, que muitas vezes balbuciavam  baixinho, junto conosco, as músicas e poemas.

Diferente do homem moderno, eles têm uma maneira muito natural de lidar com a morte e a presença de Amadeu (o boneco defunto) foi encarada com muita tranquilidade.

Em uma das oficinas fomos honrados com a presença de uma poetiza que nos recitou alguns de seus versos.

Nhô Serra, o artista homenageado pelo projeto, era figura conhecida entre todos: vizinho de um, parente de outro. Nós que fomos contar é que acabamos ouvindo relatos desta personalidade piracicabana, o grande cururueiro.

Entre risos, livretos de poesia, causos e abraços agradecidos, fechamos uma das oficinas no clima saudoso de bailinho.

Quem diria que nestes tempos de seca, o rio de Piracicaba jogaria água pra fora? Foram as lágrimas de alegria e gratidão da família Geralda por poder partilhar e celebrar com os anciãos uma cultura em extinção. Resgatamos do mar do esquecimento muito mais do que os poemas e versos do espetáculo, revivemos algo raro e precioso: o encontro verdadeiro, sem o qual o teatro é vazio de sentido.”

 

Além das atividades, tivemos a participação de funcionários voluntários da Oji Papéis, que fizeram a entrega de mais de uma tonelada de mantimentos no Lar dos Velhinhos! A arrecadação desses mantimentos foi feita entre os próprios funcionários da Oji.

Agradecemos imensamente a todos que tornaram este projeto possível,  ao Lar dos Velhinhos e Lar Betel pela recepção calorosa; ao nosso apoiador, o restaurante Toque Brasileiro e ao patrocinador do projeto, a Oji Papéis.

Logotipo_oji_papeis_especiais

WhatsApp Image 2017-08-30 at 14.51.37

barralogosArautos-Pira

Anúncios

Estreia a vista!! Tchekhov está de volta!

30 jun

É com muita alegria que estamos aqui para convidar a todos para a estreia do nosso espetáculo “O Drama e Outros Contos de Anton Tchekhov” agora no começo de julho.

A montagem do espetáculo teve início em marco de 2015, quando o diretor armeno Arman Saribekyan esteve por 3 meses no Brasil trabalhando intensivamente com nossa trupe. Depois de alguns ensaios abertos estrearemos finalmente a obra que foi com tanto carinho esculpida ao longo deste primeiro semestre.

Com a assistência de direção do Geraldo Douglas Novais, algumas mudanças no elenco e encontros virtuais com o diretor, aprofundamos as construções dos personagens e desenvolvemos os princípios de linguagem propostos por Arman, como a utilização de sombras, por exemplo.

Será um prazer te-los conosco. Segue abaixo o cartaz com as informações e algumas fotos para instigá-los a nos visitar no CIS Guanabara.

Grande Abraço

cartazfinal-tchekhov

 

 

aCarolina Delduque em cena do espetáculo O Drama e outros contos de Anton Tchekhov - Foto Daniel Clude

aLucas Gonzaga e Maíra Hérissé em cena do espetáculo O Drama e outros contos de Anton Tchekhov - Foto Daniel Clude

 

 

Oficinas de Formação de Atores

29 abr

A turma de 2016 está com tudo e, acredite se quiser, já se passou 1 mês de muito aprendizado na CIS Guanabara. Parece que foi ontem que nos encontramos para o processo seletivo.

Neste ano são 35 alunos, mais uma vez vindos não só de Campinas, mas de toda a região: Valinhos, Indaiatuba, Sumaré, Hortolândia.

Além das oficinas semanais, os alunos assistiram a um ensaio aberto do novo espetáculo dos Geraldos “O Drama e outros contos de Anton Tchekhov”, que tem estréia oficial logo mais. Depois do ensaio rolou um bate-papo muito interessante e construtivo para ambas as partes: de um lado o grupo coletou opiniões e impressões do público (são sempre de muita valia para a construção de uma obra), do outro, os aprendizes tiveram uma aula prática de teatro com seus professores/atores.

A primeira leitura deste primeiro mês foi “Cartas a um Jovem Poeta” de Rainer Maria Rilke. Neste livro o autor, através de uma troca de cartas, aconselha um jovem que aspira tornar-se poeta.

Colamos um lindo trecho abaixo que nos ajuda a refletir sobre a verdadeira vocação.

“(…) Pois bem — usando da licença que me deu de aconselhá-lo — peço-lhe que deixe tudo isso. O senhor está olhando para fora, e é justamente o que menos deveria fazer neste momento. Ninguém o pode aconselhar ou ajudar, — ninguém. Não há senão um caminho. Procure entrar em si mesmo. Investigue o motivo que o manda escrever; examine se estende suas raízes pelos recantos mais profundos de sua alma; confesse a si mesmo: morreria, se lhe fosse vedado escrever? Isto acima de tudo: pergunte a si mesmo na hora mais tranqüila de sua noite: “Sou mesmo forçado a escrever?” Escave dentro de si uma resposta profunda. Se for afirmativa, se puder contestar àquela pergunta severa por um forte e simples “sou”, então construa a sua vida de acordo com esta necessidade. Sua vida, até em sua hora mais indiferente e anódina, deverá tornar-se o sinal e o testemunho de tal pressão.”

Para finalizar deixamos algumas fotos das oficinas e deste primeiro mês de convivência.

aula4

Com vocês: a turma de 2016!

DSC_0309

Aula inaugural dia 22/03

aula 1

Aula de corpo e voz

aula2

Aula de corpo e voz

aula3

Aula de corpo e voz com Julia e Lucas

P1140882

Bate-papo pós ensaio aberto do novo espetáculo dos Geraldos

Um pouco sobre nossa IV Jornada Teatral!!

21 mar

Queridíssimos

Antes tarde do que nunca!

Gostaríamos de agradecer a todos aqueles que participaram da nossa IV Jornada Teatral, uma produção dos Geraldos em parceria com a Unicamp.

Foram 235 pessoas que agitaram o Cis Guanabara durante os 05 dias de atividades gratuitas: 03 oficinas e 02 espetáculos.

Confira o álbum do facebook com algumas fotos da intensa programação!

Obrigado!

Ano que vem tem mais!!

shake2

Espetáculo “Shakespeare de Lembrança” do Grupo Tempo.

 

4ª Jornada Teatral e Curso de Formação de Atores

23 fev

Queridos leitores,

Gostaríamos de convidá-los para a nossa 4ª Jornada Teatral! Ela acontecerá de 01 a 05 de março (terça a sábado) no CIS Guanabara. Este evento inaugura o início de uma parceria entre a Unicamp e Os Geraldos, que prevê diversas atividades culturais a serem realizadas no CIS Guanabara, entre mostras, espetáculos teatrais e atividades formativas, ao longo dos próximos cinco anos.

Acompanhem a programação!

As inscrições para as oficinas devem ser feitas através do e-mail: cursososgeraldos@gmail.com

4-jornadateatral-web

Gostaria de aproveitar o espaço e agradecer aos nossos parceiros e amigos que tanto colaboraram para a realização desta Jornada: Unicamp, Cis Guanabara, Faepex, Prof. Roberto Mallet, Profª. Isa Kopelman e ao Grupo Tempo.

Lembrando que já estão abertas as inscrições para o processo seletivo do Curso de Formação de Atores. Inscreva-se, divulgue aos amigos!

filipeta-curso2016-web

Até a próxima,

Tati Geralda.

Retrospectiva 2015

23 dez

Queridos leitores,

Mais um ano está chegando ao fim… Foi um ano muito intenso, de muitas realizações. Só quando olhamos para trás, percebemos o quanto foi produzido, o quanto caminhamos e evoluímos. E, neste ano, caminhamos muito.

Entre nossas realizações temos o início do Curso de Formação de Atores, um novo espetáculo, uma mostra de teatro e o projeto “Aos Arautos da Arte”. Além disso, temos as nossas realizações diárias, os pequenos passos que são dados para que estas grandes realizações sejam possíveis.

Gostaria de agradecer a todos, em nome d’Os Geraldos, que, de uma forma ou de outra, estiveram conosco, seja nos assistindo, acompanhando-nos na web, ajudando no nosso dia-a-dia, ou mandando boas energias. Obrigada a todos por estarem conosco mais este ano.

Segue abaixo nossa retrospectiva deste ano e, também, um cartão de Natal, feitos com muito carinho.

aNEWSLETTERnatal (1)

CARTÃO-NATAL

Desejamos a todos um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de realizações!

Até janeiro, queridos leitores!

Um beijo,

Tati Geralda.

II Retrospectiva “Aos Arautos da Arte” em Sumaré

16 dez

Queridos leitores,

Nosso projeto “Aos Arautos da Arte” da arte, em parceria com a empresa Honda, chegou ao fim. Foi um período muito gratificante e de trabalho intenso.

Foram realizadas, ao total, seis oficinas em ONGs, uma mesa de bate-papo, uma exposição e seis apresentações do espetáculo “O Último Sarau – uma peça de corpo presente”, sendo que quatro foram realizadas em ONGs.

Neste post, gostaria de falar um pouco sobre como foi a fase final do projeto, que aconteceu no Teatro Municipal de Sumaré (antigo Seminário). Nele, realizamos duas apresentações de nosso espetáculo no dia 17, além da exposição e da mesa de bate-papo em homenagem a Moisés Allon.

O primeiro espetáculo do dia 17 foi às 15h, com um público composto principalmente por idosos do Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI). Foi uma experiência muito bacana, pois o público participava da peça ativamente, fazendo comentários, apoiando os personagens.

O espetáculo da noite, às 20h, foi muito emocionante, pois muitas das pessoas que estavam na plateia conheceram Moisés e acabaram se emocionando durante o espetáculo. Também contamos com a ilustre presença da prefeita Cristina Carrara.

A exposição sobre Moisés Allon ficou à mostra durante todo o “Curtas Cenas Sumaré”, de 17 a 21 de novembro. Vejam um pouquinho como foi:

exposição

A mesa de bate-papo sobre Moisés contou com a presença de diversos atores de diferentes gerações do Maktub. Foram contadas histórias sobre sua vida, num diálogo comovente sobre a influência de Moisés nos rumos artísticos de muitas pessoas.

Para saber mais como foi nossa experiência durante o trabalho com as ONGs, clique aqui.

Até a próxima,

Tati Geralda.